Arquivo da categoria: Pessoal

Reflexos de uma vida cansada?

Amanhã tenho um novo capítulo de uma novela recente ou nem tão recente, vou ao dentista ver o que está acontecendo em minha boca.

Desde pequeno usando aparelhos, ok, até aí está dentro do normal creio eu mas desde que tirei para que o ciso nascesse eu não voltei a usar e o ciso nunca ficou 100% e um dos meus dentes também não terminou de nascer, sempre ficou relativamente coberto por gengiva. Mas nem foi isso o motivador mesmo para ir ao médico e sim a dor.

Dor? Eu? Pois é, mas não a dor da carie… próximo ao ano novo alguns dentes ficaram meio “soltos” decidiram entortar e acreditem, doeu. Ai completando tudo, há um certo tempo notei que estava com bruxismo e essa porcaria está piorando tudo. Pra falar a verdade eu acho que o bruxismo é o causador de toda e qualquer dor que eu venha a ter na cabeça.

Engraçado que eu já estou careca de saber o que fazer e o que acontece quando não feito, desde o mais leve ao mais complexo mas impressiona-me o dom que tenho em esquecer tudo aquilo que eu preciso lembrar.

Uma coisa eu notei que com certeza piorou  tudo.  Plantões agitados, noites em claro, resumindo, stress me fazem apertar tanto os dentes enquanto eu durmo que acordo com dor e geralmente cheio de sono por conta de merda de noite que tive. Claro que eu não sou mais o stress que era antes, quando trabalhava na TIM (nojo). Mas, hoje em dia a inaptidão de alguns me irrita e mesmo que por um breve período de tempo acho que jogo essa porcaria pro subconsciente e durante o sono eu pago a conta disso. Alias, nesse momento estou eu postando algo as 3 da manhã esperando funcionar o ambiente que dou manutenção. E depois eu quero que esteja tudo bem sempre, hehe.

Aproveitei e pedir pra verificar por caries, nunca se sabe afinal faz tempo que não sou dedicado como deveria. Vamos ver….

Finalmente um esporte legal

Desde pelo menos meus 11 anos que eu não tenho grande interesse em futebol, depois de ver a merda e a palhaçada que o futebol brasileiro é perdi o interesse.

De uns anos pra cá passei a achar muito legal Rugby e agora depois de alguns jogos de Futebol Americano assistidos eu posso afirmar que esse definitivamente é o melhor esporte que conheço. Os jogos são emocionantes, muita estratégia, tensão e tudo muda em 1 minuto.. Que esporte, sensacional.

VDM… ou não

VDM(vida de merda) ou não? Uma constatação me acompanha diariamente são pessoas que não lidam bem com maturidade. E não é de hoje alias que vejo isso, crianças sexualizadas e adultos infantilizados.

E fora desse publico tem um batalhão de pessoas ao qual gosto de ser parte. Esse grupo consiste em um grupo de pessoas que quando criança queria ser adulto vez ou outra e fora isso brincava muito e quando adulto ficou feliz por se tornar adulto. Saber lidar com a vida, enfrentar problemas, adquirir experiência das porradas que tomou, compartilhar o que aprendeu são coisas que fazem parte disso e quando voce olha pra sua infância não vai se sentir arrependido por ter se tornado adulto mas sim olhar todo o caminho percorrido e as coisas que voce é capaz de fazer e pode ser capaz por ser adulto. Existe coisa melhor do que ter o seu dinheiro, se orgulhar do que construiu, gostar das coisas que voce planejou e conquistou? Pra mim não.

Claro que nem tudo é festa, mas quando não é festa, é a escola da vida te dando um intensivo de maturidade e só se voce for maluco para não aproveitar a oportunidade.

Hoje vejo demais a mídia vendendo o ser infantilizado, como se ser uma eterna criança ou adolescente fosse ótimo mas na realidade isso só é ótimo se você quer criar um público que haja de maneira infantilizada. Não tenho nada contra consumismo, menos ainda sobre novos produtos e novas idéias, mas se voce tenta fazer de alguém adulto uma criança, voce é uma entidade nociva a evolução. Não estou falando sobre assistir desenhos ou gostar de algo que crianças também gostem mas sim usar a infantilização como desculpa para comportamentos e atitudes irresponsáveis e inconsequentes, ou seja, o famoso YOLO que muita gente adora escrever.. o YOLO é a clara infantilização da sociedade onde tenta justificar a merda que faz com um argumento estúpido e sem valor. Se voce é adulto, aprenda a lidar com isso e não faça cagadas de crianças e adolescente pois voce e o mundo só tem a ganhar.

E a sexualidade chegando a crianças? O pai que acha bonito crianças cantando músicas com conotação sexual ou fazendo movimentos sexuais é um babaca, simples assim. Não apoio e boicoto qualquer pai que não eduque seus filhos com foco total em estudo e valores básicos da família. Pra tudo tem idade certa e esse tipo de coisa não é na infância.

Devia falar tanto assim?

Quanta tristeza que guardei nessas páginas, imaturidade, loucura, realidade e acima de tudo histórias de uma parte ínfima de uma mísera vida.

Engraçado que não sou mais o homem que era antes, nem melhor nem pior, apenas com mais visão e entendimento.  Ainda um novato no jogo da vida onde ainda há um segredo que tento desvendar todos os dias, a receita da felicidade. Felicidade essa que não se parece em nada com a dos cinemas, livros ou até mesmo na vida de uma pessoa qualquer mas com algo que poucos conhecem e quase inexistente.

Alguns poucos chegam lá, atribuem a Deus, filhos, família, amor, muitas opções.  Mas o caminho que quero não se limita a escolher algo e abraçar. Minha felicidade será orgânica, exata, implacável, nada escapará e todo espaço do meu ser que possui o menor sinal de insatisfação será alterado, mudado, evoluído. Qual o limite dos sentimentos? Alguém chegou lá?

A vida é pura ciência e as vezes a nossa mente pode ter o tamanho do universo….

Mutt or not Mutt, that’s the question

Hoje configurei maravilhosamente bem o screen, irssi, mutt e finch e tenho uma puta vontade de usar essas coisas que nao pertencem ao mundo visual do mac. Fico agora preso entre meu mundo über nerd e o mundo apple.. fuck…
Ao menos com isso + com meu pessimo habito de achar falhas em redes, consigo passar o dia conectado via rede do trabalho.

Vou procurar um meio termo para ser feliz com todos esses…

Enquanto isso, to aqui assistindo Star Trek, Wrath of Kahn… manerin.. manerin.

Telecom e seus períodos pre-freeze.

Todo os períodos que antecedem festividades importantes podem ser considerados por todos que trabalham com TI na área de Telecom um inferno! Todo o trabalho se acumula e tudo tem que ser para o ultimo dia antes do freeze. Não importa mais se voce tem família, o que importa que é que voce necessita trabalhar mais do que voce ja normalmente não toleraria.

Mas tudo bem… Ao menos o trabalho é legal!

Estranho demais

Nas ultimas semanas varias coisas aconteceram, e varias coisas tem passado pela minha cabeca.
1 eu acredito no inferno astral
2 eu me envolvo em varias coisas para fugir de outras
3 consigo fazer td que preciso num bberry q tem menos da metade do hardware do atrix

O mes dos infernos, pqp!!!

Foi soh minha vida pessoal entrar nos eixos e a profissional tb q eu percebi que to fazendo alemao por besteira minha e que não gosto da mesma maneira que eu acho que gosto. Descobri que as pessoas que estao no curso estao num nivel bem abaixo de mim como seres pensantes.
Passei a gostar mais do que conquistei na vida e a respeitar mais as pessoas que realmente merecem respeito.
Descobri que continuar fazendo alemao esta me dando uma ansiedade desgracada toda sexta e não to gostando disso.
E continuo com a certeza que ainda tenho que evoluir mais pra aprender a não comer demais simplesmente por habito.
Aprendi a dizer não para as pessoas quando não concordo ao inves de me omitir.
Aprendi que não tenho super poderes e que cometo erros no transito como qualquer ser humano.

A lista de coisas eh imensa mas esta sendo importantissimo para mim.

Se minha noiva continuar melhorando comigo, ai o casamento sera uma realidade beeeeem proximo.

E sim eu creio em Deus, sou corinthiano e cansei de vestir estereotipo de nerd e desprezar coisas que antes eu não desprezava… Sou nerd mas sou varias outras coisas.

E aprendi que sei que sempre tem alguem pra te derrubar… Mas basta não deixar.

Ufa! Fe em Deus que ele eh justo!