Sono da madrugada

Semana corrida, muitos acionamentos, espero que muito dinheiro também mas uma derrota que sempre vem junto é a derrota na qual você olha para os ganhos pessoais e não vê o resultado iminente de seu trabalho.

Ja passei da fase de não reconhecer essas coisas e sei os resultados que vem ao longo da vida com trabalho duro (bens conquistados, etc). O complicado de quando se está em uma espiral de excesso de trabalho ou algo assim (e nem acho que estou com excesso de trabalho, apenas a semana foi agitada) temos vontade de largar tudo ou gastar tudo, achar culpados, vilões, quando na realidade o que me faz resolver as coisas de maneira mais simples é olhar para o passado e ver tudo de errado que fez, de certo até o dia de hoje e ver que todo esse trabalho e dinheiro conseguidos rendem frutos se bem aplicado e se o dinheiro falta, ou se você está cansado e de saco cheio da vida, só há um culpado, eu mesmo.

Não que isso me fizesse pensar em voltar a trabalhar em alguns lugares por onde estive, onde vida pessoal era ato ofensivo e fingimento e puxa-saquismo premiados mas, fazer uns 20 ou 30% a mais do seu salário com algum esforço é ótima idéia e se a vida fácil passa pela sua cabeça, trabalhe para que ele se torne fácil. Ao menos é isso que eu tenho procurado.

Reflexos de uma vida cansada?

Amanhã tenho um novo capítulo de uma novela recente ou nem tão recente, vou ao dentista ver o que está acontecendo em minha boca.

Desde pequeno usando aparelhos, ok, até aí está dentro do normal creio eu mas desde que tirei para que o ciso nascesse eu não voltei a usar e o ciso nunca ficou 100% e um dos meus dentes também não terminou de nascer, sempre ficou relativamente coberto por gengiva. Mas nem foi isso o motivador mesmo para ir ao médico e sim a dor.

Dor? Eu? Pois é, mas não a dor da carie… próximo ao ano novo alguns dentes ficaram meio “soltos” decidiram entortar e acreditem, doeu. Ai completando tudo, há um certo tempo notei que estava com bruxismo e essa porcaria está piorando tudo. Pra falar a verdade eu acho que o bruxismo é o causador de toda e qualquer dor que eu venha a ter na cabeça.

Engraçado que eu já estou careca de saber o que fazer e o que acontece quando não feito, desde o mais leve ao mais complexo mas impressiona-me o dom que tenho em esquecer tudo aquilo que eu preciso lembrar.

Uma coisa eu notei que com certeza piorou  tudo.  Plantões agitados, noites em claro, resumindo, stress me fazem apertar tanto os dentes enquanto eu durmo que acordo com dor e geralmente cheio de sono por conta de merda de noite que tive. Claro que eu não sou mais o stress que era antes, quando trabalhava na TIM (nojo). Mas, hoje em dia a inaptidão de alguns me irrita e mesmo que por um breve período de tempo acho que jogo essa porcaria pro subconsciente e durante o sono eu pago a conta disso. Alias, nesse momento estou eu postando algo as 3 da manhã esperando funcionar o ambiente que dou manutenção. E depois eu quero que esteja tudo bem sempre, hehe.

Aproveitei e pedir pra verificar por caries, nunca se sabe afinal faz tempo que não sou dedicado como deveria. Vamos ver….

Finalmente um esporte legal

Desde pelo menos meus 11 anos que eu não tenho grande interesse em futebol, depois de ver a merda e a palhaçada que o futebol brasileiro é perdi o interesse.

De uns anos pra cá passei a achar muito legal Rugby e agora depois de alguns jogos de Futebol Americano assistidos eu posso afirmar que esse definitivamente é o melhor esporte que conheço. Os jogos são emocionantes, muita estratégia, tensão e tudo muda em 1 minuto.. Que esporte, sensacional.

VDM… ou não

VDM(vida de merda) ou não? Uma constatação me acompanha diariamente são pessoas que não lidam bem com maturidade. E não é de hoje alias que vejo isso, crianças sexualizadas e adultos infantilizados.

E fora desse publico tem um batalhão de pessoas ao qual gosto de ser parte. Esse grupo consiste em um grupo de pessoas que quando criança queria ser adulto vez ou outra e fora isso brincava muito e quando adulto ficou feliz por se tornar adulto. Saber lidar com a vida, enfrentar problemas, adquirir experiência das porradas que tomou, compartilhar o que aprendeu são coisas que fazem parte disso e quando voce olha pra sua infância não vai se sentir arrependido por ter se tornado adulto mas sim olhar todo o caminho percorrido e as coisas que voce é capaz de fazer e pode ser capaz por ser adulto. Existe coisa melhor do que ter o seu dinheiro, se orgulhar do que construiu, gostar das coisas que voce planejou e conquistou? Pra mim não.

Claro que nem tudo é festa, mas quando não é festa, é a escola da vida te dando um intensivo de maturidade e só se voce for maluco para não aproveitar a oportunidade.

Hoje vejo demais a mídia vendendo o ser infantilizado, como se ser uma eterna criança ou adolescente fosse ótimo mas na realidade isso só é ótimo se você quer criar um público que haja de maneira infantilizada. Não tenho nada contra consumismo, menos ainda sobre novos produtos e novas idéias, mas se voce tenta fazer de alguém adulto uma criança, voce é uma entidade nociva a evolução. Não estou falando sobre assistir desenhos ou gostar de algo que crianças também gostem mas sim usar a infantilização como desculpa para comportamentos e atitudes irresponsáveis e inconsequentes, ou seja, o famoso YOLO que muita gente adora escrever.. o YOLO é a clara infantilização da sociedade onde tenta justificar a merda que faz com um argumento estúpido e sem valor. Se voce é adulto, aprenda a lidar com isso e não faça cagadas de crianças e adolescente pois voce e o mundo só tem a ganhar.

E a sexualidade chegando a crianças? O pai que acha bonito crianças cantando músicas com conotação sexual ou fazendo movimentos sexuais é um babaca, simples assim. Não apoio e boicoto qualquer pai que não eduque seus filhos com foco total em estudo e valores básicos da família. Pra tudo tem idade certa e esse tipo de coisa não é na infância.